Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement
Sally

A imagem que consegui captar.

Certa vez, trabalhei na empresa 4Kids alguns anos atrás. Você sabe, a empresa que produziu aquela dublagem mal feita em inglês do Sonic X. Eu não me importava com a dublagem, eu só queria meu dinheiro e odiava a dublagem do show de qualquer maneira. Sonic estava morto para mim até então.

Na internet, descobri um boato de que a SEGA queria continuar esse desenho animado incrível, mas horripilante. No entanto, 4Kids se recusou a abrir mão dos direitos autorais do programa, então ele foi descontinuado. Ouvi um colega meu e o chefe falando sobre o futuro do Sonic X depois de se recusar a dar Cosmo (personagem introduzido na terceira temporada) para a BIOWARE, que queria incluí-la em um novo jogo intitulado Sonic Chronicles: The Dark Brotherhood.

Eu queria ignorar a conversa deles e continuar copiando meus papéis, quando de repente a palavra Episódio 79 caiu. Ok, eu odiei tanto aquele anime por causa da ouriça rosa, Amy Rose, que estava constantemente perseguindo Sonic com seu vestido ridículo e sua voz irritante e estridente, mas eu sabia que eram apenas 78 episódios. Parei e me aproximei dos dois, perguntando sobre o episódio, mas meu colega me disse que já haviam se livrado dele. Dei de ombros e voltei a fazer meu trabalho.

Às 16h, finalmente fui para casa. No entanto, quando passei pelos contentores de lixo junto à instalação, curiosamente apoderou-se de mim e espreitei para dentro. Notei uma caixa de DVD sem capa, mas com um CD dentro. Eu o tirei e limpei um pouco de sujeira. O DVD tinha "Episódio 79" escrito nele com um marcador permanente preto. Bingo! Eu tinha encontrado o episódio perdido. Olhando em volta, não vi ninguém me observando, então levei a caixa do DVD comigo. Eu não estava realmente empolgado com o episódio e esperava que não fosse alguma porcaria somari estúpida poluindo minha tela de TV. Eu só queria colocar o episódio no meu computador e postar no YouTube para ganhar alguma fama.

Cheguei em casa e a primeira coisa que fiz foi guardar minha bolsa antes de ir jantar. Por alguma razão, eu estava com muita fome. Quando voltei do trabalho na semana seguinte, em uma quarta-feira, lembrei que a caixa do DVD ainda estava em algum lugar da minha sala. Aproximei-me e abri o estojo. Tinha "Projeto Sonic - Episódio 79" escrito nele. Também com marcador permanente. Percebi que estava começando a chover e fechei a janela para não molhar nada. Depois de limpar o DVD (afinal, estava em uma lata de lixo), fui até minha TV HD e coloquei o DVD dentro do meu DVD player. "Vamos ver no que vai dar.", pensei comigo mesmo.

O DVD começou instantaneamente com a conhecida introdução da terceira temporada de Sonic X. A irritante música-tema tocava nos alto-falantes da minha TV. Nada estranho, até que vi que na verdade era o logo japonês ao invés do inglês. Acho que peguei uma versão não dublada. Fiquei feliz por não ver as edições fodidas que o 4Kids ousou fazer. Eu conseguia entender muito japonês, sendo um orgulhoso Wee-a-boo (fã de anime). Tenho certeza que você sabe do que estou falando. A introdução terminou com cada personagem posando em uma foto de grupo com Eggman ao fundo. Percebi que Chris estava faltando na foto do grupo. Acho que foi um ajuste desde que Chris foi para casa no episódio 78.

Assim que a imagem escureceu, um forte trovão conseguiu causar uma queda de energia. (Era apenas minha casa, quando perguntei a meus vizinhos sobre isso.) Meu laptop ainda estava funcionando, pois o deixei ligado e agora funcionava com bateria. Então, abri manualmente a plataforma do disco (meu DVD player podia ser aberto manualmente. Tinha um botão que abria o gabinete que funcionava sem energia, como um Nintendo GameCube por exemplo) e tirei o DVD antes de fechá-lo novamente e inseri-lo no meu laptop.

Surpreendentemente, não tocou o DVD, mas mostrou o interior do DVD. Arquivos de computador. Ao lado do arquivo principal do DVD, notei que havia uma pasta chamada "PRISA". Confuso com o nome dessa pasta misteriosa, abri por curiosidade e ela mostrou um arquivo de DVD alternativo. Cliquei duas vezes e meu computador começou a reproduzir o arquivo, apenas para ficar desapontado com uma tela preta constante. Ainda assim, esperei pacientemente pelo início da introdução, mas ela não veio. Esperei cerca de 5 minutos antes de mover o mouse para fechar o arquivo.

"EU NÃO ESQUECI."

Eu pulei com a voz feminina distorcida enquanto a tela piscava em vermelho por uma fração de segundo. Fechei o arquivo. Esse momento quase me deu um ataque cardíaco! A tempestade do lado de fora da minha janela estava ficando pior e mais alta. Estava cada vez mais perto. Como já estava tudo desligado, não me preocupei com isso e saí da pasta para reproduzir o arquivo original. Tocou a introdução, Chris ainda estava faltando como de costume.

O episódio começou com Amy e Cream, sentados em uma mesa com Vanilla (a mãe de Cream). Elas estavam comendo bolo e tomando chá. Fiquei desapontado quando Amy começou a clamar pelo amor de Sonic novamente. Vanilla de repente bateu com os punhos na mesa e se inclinou para perto de Amy. "Você não sabe nada sobre o amor, seu idiota!" ela gritou com ela. Cream se encolheu e recuou, Cheese fazendo seus ruídos de Chao habituais, parecendo triste quando Cream o abraçou perto. "Foi assim que eu o perdi!" Foi assim que ela perdeu quem? Oh espere. Tenho certeza que você sabe que Cream nunca teve um pai. Assim, Vanilla não tinha marido. "Eu acho que não era amor VERDADEIRO então!" Amy provocou Vanilla em vez de ser razoável.

A câmera deu zoom em Cream, que piscou quando um flashback começou (Sem bordas brancas, graças a Deus) com Cream e Vanilla caminhando em um parque. Cream estava segurando uma cesta de piquenique. Depois de um segundo, ela perguntou à mãe onde estava o pai. Vanilla olhou para Cream, que se encolheu e ficou quieta. Ele voltou à cena atual com Vanilla, dando um tapa no rosto de Amy. "Como você se atreve a falar --- desse jeito?!" O nome foi interrompido pela tela escurecendo para aquele exato momento em que o nome seria dito. Fiquei desapontado. Vanilla continuou sua conversa enquanto Amy, agora no chão, subia as escadas. "Ele foi um herói! Um herói que ele nunca foi! Ele deu a vida por todos nós!" Amy zombou e se levantou, fazendo beicinho com raiva enquanto limpava o vestido. "Ninguém é um herói maior que o meu Sonic..." Vanilla apontou para a saída. "Saia!" Amy distraidamente acenou com a mão para Vanilla antes de sair do prédio. Cream implorou para que Amy voltasse, mas a cena já a mostrava saindo da casa de Vanilla.

Vanilla puxou um lenço de papel e começou a chorar. Cream se aproximou, preocupada com a mãe. Vanilla se abaixou para Cream e a abraçou gentilmente, chorando baixinho. Cream olhou e fez a pergunta que eu tinha em mente. "Quem era meu pai?" Quando Vanilla se sentou e puxou Cream para o colo, a tela ficou preta novamente. Suspirei baixinho de decepção, mas esperei pacientemente que a tela voltasse.

"...Eu não esqueci o que você fez comigo..."

Desta vez eu realmente não precisava pular. Era a mesma voz feminina que me assustou no outro arquivo, mas muito mais calma e menos distorcida. Era suave e parecia triste. Não era Vanilla ou qualquer outro dublador do elenco japonês. Dei de ombros e continuei a olhar para minha tela preta.

A tela voltou com Amy batendo na porta de Sonic, chamando seu nome carinhosamente (a casa de Sonic era semelhante à sala que você vê na série em quadrinhos). Sonic estava sentado no sofá, com os pés sobre uma mesa. Quando Sonic ouviu a batida de Amy, ele gemeu e sentou-se. "É ela de novo..." Sonic murmurou em um tom irritado enquanto se levantava e caminhava em direção à porta antes de abri-la. "Sonic, você não se esqueceu do nosso encontro hoje à noite, certo?" Amy sorriu antes de se virar para ir embora. (Provavelmente é uma piada, já que Sonic promete a Amy um encontro aqui e ali, principalmente quando está fora do personagem e ele continuamente se esquece deles.) Sonic colocou a mão no rosto antes de fechar a porta novamente. Ele voltou para o sofá antes de se sentar. Visivelmente triste. Ele olhou para alguma coisa. A tela ficou preta novamente. "Ah, vamos..." murmurei com raiva, mas decidi esperar NOVAMENTE, esperando que nenhuma dessas mensagens aparecesse, mas apareceu.

"Eles me mataram."

A voz sussurrou desta vez. Uma imagem piscando por uma fração de segundo. Estando no meu computador, eu poderia inverter o player para o ponto exato em que a imagem piscou e fiquei bastante surpreso com o que vi.

Era a princesa Sally. Ela não tinha um estilo novo nem nada. Ela se parecia com um desenho animado MUITO melhor: Sonic the Hedgehog (também conhecido como "Sonic SatAM"). Ela estava olhando para a tela. Seu olhar parecia monótono e vazio. Sally estava sem a boca e toda a foto tinha um tom vermelho. Especialmente seus olhos agora vermelhos. Peguei uma captura de tela dele, importei a imagem para o MS Paint e salvei no meu computador. Ainda tenho o arquivo, chama-se Sally.PNG.

Continuei a reproduzir o arquivo. Demorou um pouco para a tela voltar e a foto de Sally me perturbou, mas também me deixou feliz. Afinal, a SEGA não se esqueceu da princesa Sally? A tela voltou. Tinha uma borda branca fraca para mostrar que era uma cena de flashback. Alguém se lembra de Rosy the Rascal? A verdadeira e doce garotinha antes daquele outra ouriço rosa aparecer? Sim, ela estava caminhando por uma floresta, cantarolando uma música alegremente. Acho que ela foi dublada pela dubladora do Cream, só que usando um tom diferente. Rosy entrou em uma casa que eu realmente não reconheci. Era uma cabana de madeira com telhado de feno.

A câmera cortou para dentro. A maioria das coisas dentro eram feitas de madeira. A princípio pensei que fosse algo tribal, mas então notei o computador de mão, NICOLE, na pequena mesa redonda. Isso me atingiu. Esta era a cabana de Sally? De fato! A câmera cortou para Sally, que estava muito bonita no estilo Sonic X por sinal, olhando pela janela. "Espero que Sonic volte logo de sua missão. Estou preocupado com ele." Percebi que a voz de Sally foi a que ouvi ao ver aquela tela preta. Rosy ficou parada ali, olhando para Sally ao fundo. "Você é Sally Acorn?" Rosy perguntou curiosamente enquanto Sally se virava, assustada com ela. "Hmm? Amy? O que faz aqui?" O sorriso de Rosy desapareceu e sua expressão estava vazia. "Me responda..." Sally piscou algumas vezes, mas respondeu mesmo assim. "Sim, eu sou." A câmera deu zoom no rosto de Rosy, o que não é comum. "E você ama Sonic, certo? E Sonic ama você..." Sally parecia irritada com isso, levantando-se. "O que você quer?" Sally perguntou.

Rosy não parava de olhar para Sally com aqueles odiosos olhos.

"Morra."

A tela ficou preta uma última vez. Como fã de Sally, gritei de desânimo. Por que a SEGA faria isso? Para mim? Para Sally? Eu esperei, lágrimas brotando em meus olhos. Estar lá. Por favor, esteja lá.

"Viva."

O arquivo terminou.

Deixei minha cabeça afundar em meus braços, soluçando baixinho. Sally nunca mais voltaria. Aqueles bastardos da empresa assassinaram Sally e ninguém se lembraria dela. Permaneceu assim por mais alguns minutos antes de perceber que ainda tinha aquele outro arquivo. Esperando que Sally ainda estivesse viva nele, cliquei na pasta "PRISA" e abri o segundo arquivo de DVD.

Tela preta, como antes. Esperei, ainda fungando, com preguiça de assoar o nariz. A imagem de Sally piscou novamente. "Sonic" a voz de Sally sussurrou. Uma imagem brilhou na tela do meu laptop. Era a mesma imagem de antes, mas as pupilas e a parte branca de seus olhos haviam sumido, deixando-a com vazios negros. A imagem ficou desta vez, seguida por um longo silêncio.

Eu estava prestes a fechar o arquivo, começando a chorar de novo, mas então notei que a imagem estava mudando. Lágrimas pretas começaram a correr até as bochechas de Sally. Devagar. Muito devagar. De repente, um grito alto interrompeu meus pensamentos. Uma cor vermelha estava agora no lugar de suas pupilas.

"...livre..."

A imagem desapareceu e a tela ficou preta novamente. Suspirei e olhei para o chão, mas logo depois ouvi o som do vento soprando em meus alto-falantes. Olhei para a tela novamente. Sonic estava lá, parado no meio de um cemitério. Ele se abaixou para uma das lápides, que estava vazia. A câmera mostrou seu rosto triste quando ele disse "Boa noite, minha doce princesa..." em um tom gentil e amoroso e colocou algumas flores ao lado da lápide antes de sair. Assim que Sonic estava fora de vista, vemos na visão de alguém, que está pessoa se aproxima e olha para a lápide com raiva. "Eu não posso acreditar que ele ainda não vai desistir." Apareceu a frase na tela. O martelo que parecia ser o de Rosy quebrou a lápide e o arquivo terminou. Suspirei tristemente e fechei o DVD player. Quando olhei para o arquivo, os arquivos do DVD haviam sumido. Em vez disso, vi um arquivo de texto. Eu realmente não queria, mas abri de qualquer maneira. "Amy não deveria existir. Ela foi criada para substituir 2@11Y..." Chega. Fechei o arquivo de texto e a pasta, mas não tive tempo de me recuperar, pois estava olhando para a princesa Sally, substituindo meu plano de fundo do Windows XP.

Felizmente, acabei com isso reiniciando meu laptop. Em seguida, inicializou e não tinha mais Sally. Minha área de trabalho agora voltou ao normal. Espero que você nunca encontre este episódio online, porque você nunca sabe o que vai acabar assistindo.

Advertisement