Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

Era noite de sexta-feira, meus pais estavam viajando, e como um bom adolescente de 16 anos, fiz uma ''festa" em minha casa. Chamei alguns amigos meus para jogarmos jogos, comer salgadinhos, beber refrigerante, conversar e etc. Quando era nove horas da noite, eles chegaram. Começamos a jogar jogos e a conversar ao mesmo tempo. Daniel estava apaixonado por uma menina, Rita, e William está traindo sua namorada Carly com Samantha, Bernard iria ganhar um carro de seus pais, e etc. Estávamos falando muito alto, e já era de madrugada, uma hora da manhã, os vizinhos iriam brigar conosco, mas logo lembramos que não tem como, pois eu moro em um pequeno condomínio com 5 casas, e todos estão viajando. Então, William pegou uns CDs que tinha na prateleira e colocou no rádio. Pedimos pizza e refrigerante, comemos e etc. Quando era três horas da manhã, Daniel falou para jogarmos um jogo cujo o nome é Psychí (alma em grego). Ninguém conhecia este jogo, mas decidimos jogar, estávamos no tédio. Para jogar, você deve ter 4 pessoas, 4 copos de plástico que não sejam transparentes e do mesmo tamanho, papeizinhos com o nome de cada um e uma vela. Começamos a trocar os copos 5 vezes, e então pegamos a vela. Você tem que ficar com a vela em cima de seu copo por 10 segundos, se a cera cair sobre seu copo, você vai ter que contar uma confissão e furar uma parte de seu corpo com um alfinete (por exemplo, o braço).

Fizemos isso muitas e muitas vezes, até que Bernard foi ao banheiro e paramos o jogo. De repente, escutamos os gritos dele e corremos para ao banheiro. Ao abrir a porta, vemos o papelzinho que ele pegou e uma mulher meio que sentada na banheira. Ficamos aterrorizados pois a mulher sorria, a franja cobria seus olhos e tinha uma faca ensanguentada em mãos. William e Daniel caíram e começaram a agonizar até a morte, e eu dei alguns passos para trás. Ela veio até mim, não consegui me mover, não conseguia gritar. Ela encostou a faca em minha boca e falou:

-Shh, fale baixo.

E então, tudo ficou escuro. E aqui estou eu, escrevendo isso, preso. Fui acusado por homicídio e preso. Não sei muito bem quem era ela, mas era muito bonita, com seus cabelos loiros, pele pálida e vestido preto. Descobri que Psychí é um jogo amaldiçoado, e que ela foi zombada por seus amigos várias e várias vezes, e eles fizeram esse jogo com ela, e alguns dias depois, morreu. Mas fez com que quem jogasse o jogo, permitiria sua presença no local e que também tivesse liberdade para fazer o que quiser. E ela sempre deixa alguém de fora do homicídio, para que possa estar na memória da pessoa para sempre.

Advertisement