Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

O Chaves era muito repetente. Por isso, com 18 anos, parou de estudar e tornou-se faxineiro da escola. E, um dia, o professor Girafales disse :

_Descobri que tô com uma doença rara e grave e terei apenas 2 meses de vida.

_isso é péssimo.

_Mas pesquisei e descobri que um cientista de Los Angeles criou um remédio experimental pra essa doença.

_isso é bom.

A Chiquinha tem 18 anos. Ela , o Chaves e o professor viajaram pra California, pra encontrarem o cientista. Chegaram em uma pequena cidade da Califórnia, onde o cientista estaria hospedado. E, na portaria do hotel, o Normam Bates disse pro professor :

_O doutor Addams Lecter teve que partir, mas deixou essa caixa pra você.

Na caixa tava o remédio, e o professor Girafales já bebeu o remédio.

Chaves, o professor e Chiquinha foram pro quarto.

_O Chaves já tá meia hora no banheiro.

_Ele tem prisão de ventre.

_Então vou tomar banho na latrina do Norman.

A Chiquinha tava tomando banho no banheiro do Norman quando ele entrou naquela latrina vestido com as roupas da mãe dele, que tinha morrido 10 anos atrás, e ele tava com um facão na mão.

_Você é crossdresser, Norman ? E por que tá com esse facão ?

_Eu não sou o Norman. Eu sou a Louise, a mãe do Norman.

_Mas sua voz  e seu rosto são iguais a voz e o rosto do Norman.

A Chiquinha levantou a saia daquela pessoa e disse :

_Você tem um órgão sexual masculino. Acho que você é o Norman.

O Norman achou que a Chiquinha é parecida com a mãe dele, e ele achou que a Chiquinha era a mãe dele, a Louise Bates, que tinha morrido 10 anos atrás. E o Norman disse :

_Você mandou eu matar aquelas mulheres, mãe . E eu matei. Depois fiquei 8 anos no hospício e você nunca foi lá me visitar.

_Eu não sou sua mãe, seu maluco. Meu nome é Chiquinha. E abaixe esse facão. Você fica olhando pra minha periquita e pros meus seios, você está atrapalhando o meu banho.

_Desculpe, mãe. Eu vou sair pra você continuar tomando banho, eu não quero atrapalhar.

A Chiquinha terminou seu banho, voltou pro quarto e disse pro Girafales :

_O dono desse hotel é totalmente maluco, além de ser um serial killer.

O Chaves respondeu :

_Mas é um excelente cozinheiro. Aquele bolo de laranja que tá na portaria do hotel é uma delícia.

Chaves e Chiquinha foram pra portaria comer bolo e lá um cara chamado Jason tava falando com o Norman. Então a Chiquinha perguntou pro Jason :

_Por que seu rosto tá assim ?

_Eu fiquei assim quando eu era adolescente e quase me afoguei no lago Salt Lake. No dia que eu quase me me afoguei, havia vários universitários ali e nenhum deles tentou me ajudar. A minha mãe foi xingá-los por causa disso. Então, no outro dia, eu cheguei em casa e minha mãe tava morta , esfaqueada.  Eu acho que foram os universitários.

_E você denunciou eles pra polícia ?

_Não. Eu matei-os.

_Foi difícil ?

_Não. Eles estavam fazendo sexo grupal no lago e nem perceberam que eu tava chegando.

_Mas depois disso você parou de matar ?

_Não. No verão os universitários de vários lugares chegavam naquele lago pra acampar e brincar de fazer filho. Então o fantasma da minha mãe mandava eu matá-los. E eu matava-os com o facão.

_Então você é um serial killer.

_Já me chamaram disso. Eu não entendo porque as pessoas gostam de praticar brincadeiras eróticas perto dos lagos e rios. Aqui perto tem um rio que as pessoas fazem isso.

_Será que agora tem alguém fazendo isso nesse rio ?

_Talvez.

A Chiquinha disse :

_Então vamos lá olhar, Jason.

Uma hora depois, o Chaves e o professor tavam jogando verdade ou desafio no quarto, quando a Chiquinha chegou gritando :

_O Jason matou 10 pessoas no rio !

_Como é que aconteceu isso ?

_Nós chegamos no rio e algumas pessoas tavam praticando alguns atos eróticos e eu comecei a praticar com eles. Eu convidei o Jason pra participar mas ele disse que não conseguia. Depois ele surtou e matou as pessoas. Eu fugi correndo, por isso que estou sem roupas.

O professor Girafales disse :

_Então acho melhor irmos embora. Mas antes vou tomar banho.

A Chiquinha tava tomando banho com o professor e disse pra ele :

_Seu corpo tá cheio de escamas verdes, professor.

_Sim, esse remédio experimental que estou usando está transformando meu corpo. Mas o importante é que esse remédio vai curar a doença mortal que eu tenho.

Chaves, professor e Chiquinha entraram no carro, pra irem pra Los Angeles. O professor falou :

_Estou com uns rebuliços no corpo inteiro , parece até que vou me transformar em um cavalo. Vou ali no mato, talvez eu vomite.

10 minutos depois o Chaves e a Chiquinha ouviram urros, parecia que algum animal gigantesco estava furioso.

O professor não voltou e a Chiquinha e o Chaves foram procurá-lo no mato. Anoiteceu. Eles voltaram pro carro.

Quando amanheceu,  telefonaram pra polícia e continuaram procurando o professor.

Eles passaram o dia procurando, e durante a tarde um policial chegou ali e disse que também procuraria. A Chiquinha achou melhor voltarem pro hotel do Norman até que o professor fosse encontrado.  Na portaria estavam o Norman e o Jason. Então a Chiquinha disse pro Jason :

_Ainda tô assustada depois de ver você matar aquelas pessoas. Eu tive que fugir e nem tive tempo de vestir minhas roupas.

O Norman disse :

_Hoje a minha mãe mandou eu matar as hóspedes do hotel. Mas antes vou tomar banho.

A Chiquinha disse :

_Também tô precisando. Posso tomar banho com você, Norman ?

_Pode.

O Chaves disse :

_Parece aquela frase em inglês ", I lavo you."

_Que piada idiota.

_Foi sem querer querendo.

Passaram alguns dias e o professor não foi encontrado. A Chiquinha e Chaves voltaram pro México. Então, 5 dias depois, no canal de notícias, o apresentandor disse :

_Perto da cidade de Palmdale, na Califórnia, um monstro humanóide matou 10 pessoas.

A Chiquinha falou :

_Espero que o professor volte aqui pro México. Porque ser um monstro é horrível, mas um monstro que tá perto dos amigos fica mais feliz.

_Eu também quero que o professor volte, mas espero que ele não mate a gente.

Advertisement