Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement
Sally Suja Sr Bocalarga

Sally tem 8 anos. Os colegas da escola faziam bullying contra ela, porque Sally é a criança mais pobre da escola.

No horário do intervalo ela ficava sozinha, olhando todos brincarem.

Um dia, no intervalo, ela viu um bicho assustador atrás das árvores. A Sally não teve medo e foi até lá.

O bicho é do tamanho de um gato grande, e parece um gato, mas ele caminha  em pé com as duas patas traseiras, e tem olhos grandes e sinistros, e uma boca larga que ia de uma orelha até a outra orelha.

_Você está precisando de um amigo, menina.

_Você fala !

_Sim. Eu morava na Terra Mágica, mas fui expulso de lá porque estou sempre matando alguém pra me alimentar com o corpo desses mortos.

A Sally estremeceu de medo.

_Você mata quem ?

_Quando cheguei no mundo dos humanos eu percebi que é mais fácil matar  crianças. Eu mato as crianças que fazem bullying. E também mato as vítimas do bullying, se eu percebo que elas estão pensando em cometer suicídio.

Naquela noite, a Sally ouviu um barulho no quarto. E viu aquele bicho da boca larga sair debaixo da cama dela.

_O que você tá fazendo aqui ?

_Eu disse que você precisa de um amigo. Você pode me chamar de senhor Bocalarga.

Ele começou a contar como é que é a Terra Mágica.

7 da manhã a mãe da Sally levava ela pra escola. E meio dia a mãe levava a Sally de volta pra casa. A Sally ficava a tarde inteira trancada dentro de casa, porque aquele lugar é muito perigoso.

Um dia a mãe disse pra Sally :

_O seu tio Burt ficou  preso durante 2 anos porque abusou de uma mulher. Mas agora ele vai sair de lá e eu convidei o Burt pra morar com a gente. Você fica sempre sozinha durante as tardes, mas agora você vai ter a companhia do seu tio.

Naquela tarde o Burt saiu da cadeia e foi até o trabalho da mãe da Sally pra pegar a chave da casa. Quando ele abriu a porta da casa, a Sally ficou assustada.

_Eu sou o seu tio Burt, você lembra de mim ?

_Lembro. Você despediu-se da gente quando resolveu fugir da polícia.

_Eu gosto desse bairro, Sally, porque tem um lugar muito lindo. E eu quero mostrar esse lugar pra você.

A Sally pensou : "Agora que eu preciso da ajuda do senhor Bocalarga, ele tá dormindo embaixo da minha cama."

O tio levou a Sally pro meio de um matagal, num lugar onde tinha muitas cruzes de madeira.

_Quando eu ainda não tava na cadeia, Sally, as pessoas diziam que aqui é um cemitério de crianças. Diziam que um bicho que tem uma boca enorme devorava as crianças e deixava os restos dos cadáveres nesse mato. E de madrugado um coveiro fantasma enterrava as crianças mortas e colocava essas cruzes de madeira em cima das covas.

_Eu conheço esse bicho, tio. Ele é o senhor Bocalarga.

O tio da Sally abusou dela e matou-a.

O senhor Bocalarga ouviu os gritos dela e chegou ali 10 minutos depois. Mas a Sally já tava morta.

O Bocalarga derrubou o abusador no chão e começou a comer os braços, as pernas e a barriga dele. O bandido urrava de dor. Depois morreu.

O senhor Bocalarga entregou um pouco do seu poder pra Sally e ela reviveu.

_Vamos ser amigos, Sally.

_Não. A única coisa que eu quero é matar.

Os dentes dela tinham tornado-se maiores e afiados, e os dedos dela agora pareciam garras com unhas enormes.

Ela chegou em um bar e começou a atacar alguns homem. Ela arrancava pedaços dos corpos deles com os dentes e as unhas.

A Sally ficou morando nas ruas e nunca mais viu o senhor Bocalarga.

Numa madrugada a Sally tava numa rua escura procurando alguém pra matar e viu uma garota com o rosto branco igual neve e os lados da boca cortados e costurados. A garota disse pra Sally :

_Você tá suja, com esse vestido rasgado e sujo de sangue. Você tem que usar outra roupa.

_Eu só penso em matar.

_E eu penso em matar e penso no meu namorado Jeff. O meu nome é Nina. Vamos ser amigas ?

_Eu não quero amigas. Eu só quero matar.

_Se você for minha amiga, eu deixo você lamber meu facão sujo de sangue depois que eu matar alguém.

_Então eu vou ser sua amiga, Nina.

Advertisement