Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement


O Campo de Testes de Semipalatinsk, ou o Polígono é uma área de 18 mil km² localizada na antiga República Socialista Cazaque. Até 1989, 456 detonações foram feitas nessa área. Dentro desta área há cidade projetada de Kurchatov(Em homenagem a Igor Kurchatov, que ajudou na fundação do programa nuclear russo). 


Mas não vim aqui pala falar sobre a história conhecida sobre o Polígono, mas a verdadeira história dele. O Polígono não era um simples sítio nuclear, mas uma área de experimentos com seres vivos, inclusive humanos. Tudo começou em 1947, quando a Guerra Fria já estava começando. Stalin queria fazer uma área de extração de Urânio-235, da mesma forma que os americanos conseguiram extrair o mesmo usando imãs durante o Projeto Manhattam. 


Stalin, junto com físicos, montaram no Cazaquistão, um mina e construiram centrifugas de enriquecimento através de documentos nazistas que foram roubados pelo Exército Vermelho. Depois de 2 anos, a bomba atômica RDS-1 já estava pronta. Em agosto de 1949 ela foi detonada no Cazaquistão. Em 1953, Stalin morre e quem começa a liderar a URSS é Nikita Khrushchov. No mesmo ano, a primeira bomba termonuclear soviética, RDS-6, é detonada. Com a entrada do novo líder, o comunismo(radical) foi desaparecendo, mas a corrida armamentista continua.

Rds

Explosão da RDS-6(Nomeada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte de "Joe-4")


Depois de Stalin morrer, o novo responsável enviado por Khrushchov é colocado para admnistrar o Polígono. O novo responsável se chamava Teodori Karnimenev. Karnimenev tinha a intenção de transformar o sítio em uma área de experimentos ciéntificos, mas prevalecer com as detonações. Em 1954, Karnimenev inícia o Projeto AVARAD. Depois da fundação do projeto, vários laboratórios e instalações são construídos no Polígono e tambem em Kurchatov. 


Mas, os laboratórios não eram "simples laboratórios", mas sim locais de experimento em seres vivos, como animais e até humanos, com intenção de criar criaturas perigosas para uso de guerra. Como os japonêses da Unidade 731, os experimentos lá eram feitos de forma cruel e pertubadora, mas toda essa barbaridade era mantido em segredo, e até hoje é.


Nos anos 50, centenas de milhares de casos de anomalias e doenças estavam crescendo nas áreas habitadas próximas, já que logo descobriram que a água do Rio Irtysh(rio que passava na região e ficava próximo ao Polígono e era usado pela população) estava contaminada pela radiação. As autoridades não fizeram nada, e estudavam e covardemente faziam experimentos com os infectados. Com esses experimentos, animais e pessoas se transformavam em monstros e mutantes assassinos. Lembrando que tudo isso é mantido em segredo. 


Também começavam a sequestrar pessoas aleatórias, até mesmo crianças, como cobaia desses experimentos e como era de se esperar, a maioria morria. Nos laboratórios, estavam sendo desenvolvidas armas biológicas e químicas, que jogavam em fazendeiros da região como cobaia. 


A situação saiu do controle em 1955, quando os monstros mutantes se revoltaram e começaram a fugir para locais habitados. Alguns desses monstros podiam se regenerar, teletransportar, absorver, mudar de forma e até mesmo imitar vozes humanas. Para exterminar essas experiências, os militares capturavam essas criaturas e colocavam em instalações, e assim detonavam ogivas nucleares nelas. Os monstros que sobreviviam eram metralhados, ja outros mais resistentes eram colocados em valas que ficavam a mais de 500 metros abaixo do nível do mar, em seguida elas eram tampadas e reforçadas. Mesmo assim, os experimentos continuavam e os mutantes começaram a ficar mais periogos e resistentes.


Se você for pesquisar por vídeos dos testes que ocorriam no Polígono, a maioria deles eram feitos com os explosivos dentro de torres, e construções eram feitas no local para estudar o efeito da bola de fogo nelas. Mas a verdade, quanto na torre, quanto nas construções, haviam celas de contenção onde nelas estavam os monstros mutantes, aquilo era uma forma de destruir-los. As filmagens eram manipuladas, para não permitir ver os corpos dos monstros depois que as construções eram destruídas. 

First_Soviet_hydrogen_bomb_test_(1953)

First Soviet hydrogen bomb test (1953)

Em 1960, foi descoberto que alguns mutantes conseguiram escapar do Polígono, e que estão em algum lugar do mundo até hoje. 


Só em 1991, o Polígono foi fechado e descontaminado. E o Projeto AVARAD até hoje nunca foi revelado e também é o segredo mais bem guardado pela Rússia, que enviariam assassinos para executar qualquer um que revelasse qualquer informação sobre os mutantes. Até hoje ainda existem vítimas com anomalias da radiação e também os monstros mutantes continuam vivos nas valas e provavelmente alguns deles já fugiram e se escondem na natureza ou em lugares abandonados. 


Teodori Karnimenev cometeu suicídio em 1974, mas antes de se matar ele pediu ao governo russo que escondessem qualquer informação sobre ele, por isso você nunca vai achar nada sobre ele na internet e em lugar nenhum.


E como eu sei disso? Bem, eu já trabalhei no Polígono e fui encarregado de vigiar os laboratórios. Em um desses dias, eu espionei a sala de Teodori e descobri toda a verdade. Hoje tenho 95 anos, e tento me esconder do governo russo. Eu dei essas informações para o Pentágono e o governo americano prometeu me proteger dos assasinos russos. Moro numa casa protegida por agentes militares americanos e mesmo com essa idade eu trabalho na CIA. 


Se você leu esse artigo, saiba que posso ser morto a qualquer hora, mas tente manter isso em segredo.

Advertisement