Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

Quando eu era menor, eu gostava de várias coisas, mas o que eu definitivamente mais curtia era: C I R C O.

Sempre que anunciavam que o circo chegaria á cidade, ficava horas e horas esperando pela sua chegada, uma vez passei 24 horas direto lá. Porém, aquele dia foi diferente... Eram ás 3 da manhã, estava dormindo quando ouvi um barulho familiar, era a música tema do circo que sempre chegava á cidade, estava um pouco mais lenta que de costume mas, a primeira coisa que fiz foi me levantar rapidamente e olhar pela janela, o circo já estava chegando, sim, eu sei, as 3 da manhã é estranho para um circo que costuma chegar ás 9:30. Mas decidi acordar meus pais e, depois de muita insistência (E chamada de atenção) eles decidiram me levar ao bendito circo. Para eu parar de encher? Com certeza! Mas eu nem prestei atenção, afinal o circo chegara mais cedo e eu não queria que ninguém tomasse meu lugar favorito, as cadeiras do fundo. Ao chegar lá, vi que havia muita gente, mais gente do que o comum, entramos no circo e conseguimos os últimos acentos do fundo, por sorte... As apresentações começaram praticamente normais, quando vieram as apresentações de um mágico, ele iria escolher alguém para ajuda-lo, ele olhou para meu rosto entusiasmado e seu sorriso logo mudou para um rosto sério, sem expressão. Aquele rosto me assustava muito mas fui ajuda-lo, quanto mais tempo se passava lá, mais minha agonia aumentava, e quando percebi ele estava com um sorriso novamente, mas não um sorriso comum, uma espécie de sorriso sádico. Voltei para meu acento tentando disfarçar meu medo, meus pais devem ter percebido mas continuamos assistindo o show. Na hora de sair, houve um tumulto e rapidamente me perdi dos meus pais, procurei-os por algum tempo e ao perceber que não os encontrava, caí em lágrimas até o mesmo mágico, agora com um sorriso normal, caminhou até mim e perguntou:

- Ei, garotinho, o que aconteceu?

- Me... Eu... me perdi... dos meus... pa... pais... - Respondi assustado

- Tentaremos encontra-los quando pudermos, mas não chore! Enquanto nós procuramos seus pais você pode ficar na "Área VIP" do circo! Que tal?

Pensei por um tempo, sei que meus pais não me deixavam falar com desconhecidos, mas para mim o mágico não era desconhecido, além do mais, sempre quis visitar a Área VIP do circo que alguns garotos mais velhos sempre me diziam, o que eu respondi para ele em seguida foi o maior erro que cometi em minha vida...

- Tá, pode ser...

Ele me levou á Área VIP, ela era diferente do que eu imaginava, pessoas com máscaras estranhas, armas de fogo, cabeças de animais, uma espécie de tinta vermelha estranha entre outras coisas eram abundantes por lá. O mágico me deixou no meio do lugar, e todas as pessoas mascaradas se sentaram em roda e começaram a olhar para mim, logo em seguida eles tiraram as máscaras e revelaram ser funcionários do circo como o palhaço, por exemplo, eles olhavam com um sorriso sádico para mim, até que um deles, que estava com um capuz e que eu nunca havia visto pegou aquela mesma tinta vermelha estranha e desenhou um símbolo mais estranho ainda no chão á minha volta. Se virou lentamente para mim e perguntou:

- Você quer encontrar seus pais, certo?

- Eu quero... - Respondi

- ENTÃO, VOCÊ VAI ENCONTRA-LOS NO OUTRO MUNDO!!! - Ele falou de forma assustadora.

O homem de capuz pegou uma faca e começou a me golpear, quando eu caí no chão de dor, chegou o mágico e perguntou com um sorriso sádico:

- Você quer ver uma mágica? - Ele disse.

Antes de minha resposta ele já começou sua "mágica", colocou a mão em sua cartola e disse algo em código binário como:

- 01010110 01101111 01100011 11101010 00100000 01110110 01100001 01101001 00100000 01110000 01100101 01100111 01100001 01110010 00100000 01100110 01101111 01100111 01101111 00100001. 

E do nada ele começou a ser consumido por algo vermelho que saía da cartola, estava diferente, parecia um monstro, comecei a correr e ele esticou suas mãos com garras afiadas em minha direção e quase me atingiu, corri pensando que meus pais deveriam estar em casa, cheguei, pulei o portão, quebrei a minha porta de vidro que estava trancada e consegui entrar, mesmo todo ferido, não havia sinal de ninguém por lá, nem os caras do circo, nem meus pais. Fiquei chorando no sofá por horas e horas, até ouvir um barulho de respiração vindo do quarto dos meus pais, peguei uma faca na cozinha e entrei no quarto, estava escuro e a luz não funcionava, quando meus olhos se acostumaram á escuridão não havia ninguém lá. Ouvi uma respiração atrás de mim, e uma voz rouca disse com uma voz assustadora: 

- Ei, você! Por que fugiu, estávamos só na Área VIP nos divertindo! Venha! Seus olhos se acostumaram com a escuridão, você e sua alma se acostumarão também...

 Agora, estou me divertindo na Área VIP do circo, mas não há muita gente para brincar... Ei... Você que está lendo, você quer vir se divertir com nós na Área VIP? Ah... Nem precisa responder, eu sei que você quer vir com nós E FICAR COM NÓS, SE DIVERTINDO POR TODA A ETERNIDADE, COM NOSSOS AMIGOS, ELES PODEM SER CRIATURAS E DEMÔNIOS MAS VOCÊ SE ACOSTUMARÁ COM ELES, HEHE...

 Bem, já que você quer vir conosco, estou indo TE BUSCAR... 

Advertisement