FANDOM


20 de fevereiro de 1996.

O nosso experimento de clonagem de Pokemóns falhou miseravelmente, não sabemos o que pode ter causado isso. O trabalho de clonagem que durou anos de pesquisa e milhões de dólares foi destruído. Tivemos de evacuar o laboratório até segunda ordem.

Ditto
Algumas semanas depois, o laboratório foi reaberto, e então arrumávamos as coisas que explodiram, enquanto olhávamos o nosso trabalho fracassado, caído no chão. Por que isso teve de acontecer? Tinha tudo para ser perfeito, nada podia dar errado, mas por que foi acontecer?

Então era isso, eu estava de pé, encarando aquela coisa. Nós já íamos jogá-la fora, quando a coisa se mexeu. Ela saiu dos meus braços, ficou de pé, e mostrou uma habilidade normal de se movimentar, pensar, e fazer outras coisas.

Nós demos a ele o nome de Ditto.

Ditto era um pokémon que, além de inteligente, era agressivo. Não dava pra pegá-lo, nada.

Um dia, no laboratório, estávamos estudando o DNA de um Charmander. Tudo normal, até que Ditto veio, e, num piscar de olhos, sumiu. Percebemos que um de nossos colegas, Kevin, sumiu também. Um rastro no chão... Seguimos. Terminou em uma sala escura. Entramos. Lá havia luzes, então liguei elas... MEU DEUS! Cadê todos? S-sangue! Ditto? O que vai fazer? P-por que está com uma faca? Epa... Minhas pokebolas! Não as tenho.... AAAHHHH!

Últimas palavras: Ditto fugiu. O local para se esconder dele é...

Editado macabramente e CORRETAMENTE por: ApenasUmCanal

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.