Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement
Ex Mae the killer 4

Ex-mãe the killer

Em 2013 uma mulher canadense escreveu no Facebook um texto contando a morte do seu neto e do seu marido. Alguns dias depois o texto foi apagado e essa mulher foi encontrada morta.

Algumas pessoas tinham feito o print desse texto , que falava sobre a gravidez da Karen, a filha dessa mulher.

Eles moravam no interior do Canadá e, quando a Karen disse pro namorado que ela tava grávida, o cara foi pra Montreal e nunca mais falou com ela.

O padrasto da Karen ofendia a garota porque ela tava grávida, ele dizia o tempo todo que não ia gastar nenhum centavo com aquele bebê quando nascesse.

A casa onde eles moravam tinha 2 andares e havia uma escada de 20 degraus. Numa tarde a Karen já estava no oitavo mês da gravidez, ela  tava no alto da escada e o padrasto jogou-a pra baixo querendo que ela se machucasse e acontecesse um aborto.

Ela se machucou bastante caindo da escada mas, invés de acontecer um aborto, ela sentiu as primeiras contrações do parto.

A mãe dela ajudou-a e, ali na sala, nasceu o John.

A mãe da Karen foi procurar as roupinhas que ela tinha comprado pro bebê.

O padrasto da Karen segurou o bebê no colo e disse : "Que lindinho é o John".

Ele colocou a mão no nariz e na boca do bebê.

_Você tá asfixiando ele !

A Karen tava muito machucada no chão e levantou-se, tentou retirar o filho das mãos do padrasto.

A mãe da Karen voltou pra sala e viu o bebê com a cabeça arroxeada e ele não se mexia.

Ela pegou-o e disse : "Tá morto !"

O ódio e o desespero da Karen eram tanto que um espírito de vingança deu-lhe poderes. Ela estava com uma força sobre humana e por isso conseguiu arrancar os dois braços do padrasto.

E deu vários socos na cara dele. O rosto dele ficou deformado, parecia um monstro.

Um vizinho ouviu aquela gritaria e chamou a polícia. Os policiais chegaram e a Karen disse que o padrasto tinha asfixiado seu filho. Mas o padrasto tava com tanta dor que não conseguiu falar.

Os policiais sabiam que não havia como explicar que os dois braços do homem estavam arrancados. Então tentaram convencer a Karen e a mãe dela a dizerem que uma gangue tinha invadido a casa e serrado os braços do homem.

A polícia pediu pros jornalistas não divulgarem aquele caso. Mas o repórter Bill foi até a casa da Karen pra tentar entrevistá-la. Ela não aceitou.

Ele disse pra ela :

_A polícia sabe que você tem uma força sobrenatural. Fuja, antes que seja tarde demais.

Então o repórter falou com o vizinho bêbado da Karen.

_Da minha janela eu consigo ver a sala da casa deles, seu repórter. A ex-mãe arrancou os braços do padrasto.

_Por que você chamou a garota de ex-mãe ?

_Porque ela foi mãe durante apenas 10 minutos. O padrasto dela asfixiou o bebê. Ela dizia que o filho  ia ter o nome de John. igual aquela música : "Nasceu ! Nasceu John. Morreu ! Morreu John."

Três dias depois o ex namorado da Karen foi encontrado morto em Montreal. O  Bill tinha um amigo que era repórter em Montreal. Ele contou pro colega que o ex namorado da Karen tinha sido decapitado, mas os policiais pediram pros repórteres não divulgarem isso.

O vizinho bêbado encontrou a mãe da Karen no supermercado e perguntou :

_Pra onde a Karen foi ? Faz dois dias que eu não vejo ela.

_Ela foi embora sem dizer pra onde ia.

_O Bill me contou que o ex namorado dela foi encontrado morto e decapitado  em Montreal. A ex-mãe the killer vingou-se.

_Ex-mãe the killer ? Você tá chamando minha filha de ex-mãe the killer ?

_Desculpe, eu falei sem pensar.

Dois meses depois o vizinho bêbado telefonou pra mãe da Karen :

_O Bill me contou que o colega dele de Montreal tá achando que a Karen já matou 8 homens em Montreal.

_Por que ele acha isso ?

_Oito mulheres grávidas contaram a mesma história. Elas estavam saindo de festas na madrugada com os namorados delas quando uma garota loira de um metro e 70 atacou esses caras com uma força sobre-humana, matando-os.

Ex-mãe the killer audio

E foi isso que a mãe da Karen escreveu no Facebook. O post foi apagado e ela morreu alguns dias depois atingida por 4 tiros. A polícia disse que foi um assalto.

Advertisement