Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement
Download (35)

Meu filho e eu muitas vezes brincamos juntos. Ele tem cinco anos; os nossos jogos podem variar de batalha de piratas no meio do oceano para simples jogos de tabuleiro, como cobras e escadas. Hoje decidimos brincar de esconde-esconde. Contei lentamente até cinquenta, enquanto ele foi se esconder em um dos três esconderijos onde ele sempre se escondia. "Pronto ou não, aqui vou eu" exclamei enquanto caminhava até o sofá. Olhei para baixo e lá estava ele, com seus dois pequenos pés saindo por detrás do sofá, acompanhado por um riso abafado. "Oh, eu não consigo achá-lo!" falei, sabendo que a ideia de que ele se escondeu bem iria fazê-lo saltar para fora do seu esconderijo em emoção.

"Ótimo", disse "hora de dormir". Assim que coloquei o meu filho na cama e dei um beijo de boa noite, uma pequena figura surgiu na porta do quarto. "Mamãe" sussurrou, "você não conseguiu me achar."

Advertisement