Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

História original: https://habbos-forum.forumeiros.net/t387-lenda-infernus-maledicite-creepypasta


“Em algum lugar em Pony Town existe uma ilha que só pode ser acessada meia noite. Conhecida como Infernus Maledicite, rumores indicam que se você contar qualquer coisa ruim que está passando com algo ou alguém, Sammy, uma pônei rosa de cabelo azul longo, diz que dará um jeito na pessoa.”

Não irei dizer meu nickname, nem muitas coisas sobre mim, porque eu não quero me expor. Não lhe obrigo acreditar no que está escrito, quero apenas contar para vocês o que aconteceu comigo.

Monique, era um pônei verde com um cabelo verde e curto. Sua Cutie Mark era um coração preto.

Porém, essa minha “amiga”, estava falando mal de mim pelas costas sem eu saber.

Eu fui num server em uma conta diferente e vi que ela estava falando mal de mim pelas costas mesmo. Eu não aguentava mais a zombaria da Monique. Ela já colocou vários amigos contra mim.

Uns dias depois, eu vi dois pôneis conversando:

- Hey, já ouviu falar de Infernus Maledicite?


A pônei roxa disse.


- Fala daquela menina que se você contar pra ela o que está acontecendo pode se vingar de qualquer inimigo?


Eu falei.

- Isso mesmo! A amiga de uma amiga, disse que conhece alguém que fez de verdade.


A pônei ciano disse.

- Sério?


Eu disse.


-Sim!


A pônei roxa disse.


Quando eram quase 00:00, fui pra minha ilha. Uma pônei rosa com um longo cabelo azul apareceu para a minha surpresa.

- Sua dor será aliviada. – Disse a pônei chamada Sammy.


No dia seguinte, Monique estava brava e me queria me fazer de escrava na frente de todos os pôneis. Meus ex-amigos começaram a debochar da minha cara.

Meia noite Sammy apareceu de novo.

- Sua dor será aliviada. – Disse Sammy.

Na mesma hora escrevi o que estava acontecendo. Quando enviei, Sammy disse: Sua dor será aliviada.

Eu fiquei com muito medo, eu comecei a tremer, e saí.

No dia seguinte, entrei no habbo para ver se tinha notícias. E a primeira pessoa que eu vi online foi Monique.

Monique começou a debochar de mim.mim.


Nesse momento, Sammy apareceu na biblioteca


Não conseguia parar de chorar, cheguei a ponto de querer me matar. Até que Sammy entrou no meu quarto, chegou ao meu lado e me chamou para ir na sua ilha.

- Onde estamos? Quem é você? – Disse Eu

- Sou a Donzela do Inferno. Me chamo Samara. – Disse Sammy.

- Alivie a minha dor. – Disse Eu

Na mesma hora recebi uma mensagem de Sammy pelo cochicho.

"Se realmente deseja se vingar de seu inimigo, deve abrir o presente que acabas de receber.  Aquele de quem deseja se vingar será imediatamente mandado para o inferno"

Eu estava prestes a abrir o presente, até que...

- No entanto... se eu realizar a vingança, você terá que pagar um preço. – Disse Sammy

- Um preço? – Disse Eu

- Quando uma pessoa é amaldiçoada, dois túmulos são cavados. Quando morrer, sua alma cairá no abismo do Inferno. Seu espírito vagará entre a dor e o sofrimento, sem jamais conhecer o paraíso. – Disse Sammy

Aquilo que Sammy disse, ecoou na minha cabeça, eu estava realmente com muito medo. Eu estava até decidida de não fazer aquilo. Até que Monique me chamou para conversar.

Segui Monique e ela estava rindo. Saí de lá e fui para minha ilha, olhei para o presente e sem pensar eu o abri. Nesse momento, apareceu um pônei branco vestido de preto dizendo: Eu ouço e executo a vingança.

Monique ficou offline. Sammy chegou em meu quarto e disse: Eu levarei essa peste para o inferno.

Depois disso nunca mais vi Monique online.

Estas palavras nunca sairam da minha cabeça: Quando morrer, sua alma cairá no abismo do Inferno.

Advertisement