Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

- Aquelas eram verdes! O homem gritou, olhando para as plantas no jardim. - Eu juro que ontem elas eram verdes!

Sua esposa estava tentando ler um livro do outro lado do sofá.

Ela olhou em volta. Seus olhos não conseguiram se concentrar por um momento e ela os encarou.

- As paredes! Elas costumavam ser azuis! Nós as pintamos de azul há dois meses! Por que elas não são azuis? - Ele parecia incapaz de se controlar, sua esposa parou de ler e olhou para ele por um momento, ainda esperando por ele para jogar.

- Amor, você teve um dia muito longo, você deveria relaxar.

- Não me diga o que fazer, me diga o que está errado!

Talvez o marido dela estivesse bêbado. A mulher tentou continuar a ler o livro, mas de vez em quando, os gritos do marido a interrompiam novamente.

- Isso era laranja! Ela o ouviu gritar do outro lado da sala.

- Isso era marrom! Ele chorou, mais tarde.

-Isso era roxo! Ele insistiu, então.

Então, ele permaneceu em silêncio. A mulher sorriu e olhou de volta para o livro.

Algo explodiu na cozinha. A mulher saltou da cadeira e disparou para ver o que estava acontecendo. Quando ela chegou, ela se afogou em um longo e profundo grito.

A janela para o exterior estava aberta. Cheirava a pólvora. Ela podia reconhecer a espingarda, deitada no chão, ao lado do marido, que segurava suas entranhas em suas mãos.

- Elas... eram... vermelhas...

56b0fa92be286152a352cd5b
Advertisement