FANDOM


Certo dia, estava mexendo em meu computador, quando meu amigo me ligou, eu atendi a chamada porém não ouvi nada, apenas um chiado, mas depois de um tempo ouvi algo relacionado com:"Eu estou com fome" e "Quero comer doces", e o telefone desligou, preocupado com a situação liguei-o rapidamente, ele não respondeu, liguei mas de 40 vezes, nada, então resolvi ir para a casa dele ver como ele estava, chegando lá notei que a porta estava entre-aberta, eu entrei na casa e vi sangue na casa inteira, fui para o quarto de meu amigo, e lá estava ele, com sua barriga aberta e com os órgãos faltando, vomitei na hora, olhei para o corpo de meu amigo e vi um papel escrito:"Candy!", chamei a policia imediatamente, eles chegaram, examinaram o corpo para ver se tinha digitais e não encontraram nada, peguei o papel onde estava escrito Candy!, sem digitais, decepcionado, voltei para casa, sentei em frente ao meu computador e comecei a chorar, pois ele era o meu único amigo, o celular tocou novamente, era minha mãe, atendi com medo, não era nada demais, ela estava voltando para casa, avisei que meu amigo avia sido morto e ela lamentou como sempre, demorou 2 horas até ela chegar, eu jantei como sempre e fui dormir em luto.

Na manhã seguinte, acordei, me troquei, comi meu café da manhã, e fui sair, olhei para o quarto da minha mãe, e estranhei porque ela estava dormindo, fui acorda-la e percebi sangue nos lençóis, tirei o cobertor que estava em cima dela e vi, ela estava com a barriga aberta e com órgãos faltando, achei um papel escrito:"Candy!", fiquei traumatizando pois a cena era idêntica ao do meu amigo, dei passos para trás e tampei minha boca chorando, quando algo tocou no meu ombro, e aquilo disse algo,aquilo tinha uma voz de um demônio e psicopata, ele falou:

-Estou com fome, quero comer doces.

Minha ultima visão era da minha barriga sendo aberta e aquele monstro devorando os meus órgãos.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.