Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

NOTA: Esta publicação foi encontrada no Deviantart. A imagem era o logotipo do Looney Tunes, exceto com as palavras "Leia a descrição". A descrição da imagem é do parágrafo abaixo.

Esta postagem permaneceu ativa por apenas uma hora antes de ser removida pelo próprio usuário. Tive a sorte de copiar/colar antes de desaparecer.

O Post:

Eu sou um estudante universitário. Estou procurando manter esse projeto o mais obscuro possível, e é por isso que estou postando isso em uma conta duplicada. Estou procurando contratar uma equipe de profissionais para me ajudar a animar uma história. Uma que é uma visão diferente de um programa que eu tenho certeza que você conhece. Se você acha que sou um fanático cego que não está preparado para ser diretor, mostrarei alguns dos meus trabalhos, se você estiver curioso.

No entanto, acho importante explicar da onde tive minha inspiração.

Era o fim de semana e eu tinha 19 anos. Minha família se ofereceu para me pagar para ser babá da minha sobrinha. Como foram apenas dois dias, aceitei a oferta. Eu não podia reclamar, minha família é conhecida por ser generosa e pagar a mais pelos serviços prestados em sua casa ou quintal. Eu também precisava de dinheiro para meus hobbys. Falando em hobbys, minha sobrinha tinha vários deles.

Ela jogava videogame, assistia a shows e me mostrava projetos nos quais trabalhava na aula de artes e ofícios. Tudo deu certo até que notei algo estranho com o comportamento dela.

Sempre que Looney Tunes passava na televisão, ela sempre se afastava e fazia outra coisa. Isso me deixou confuso porque ela costumava assistir ao show, mas eu não disse nada sobre isso no começo. Não foi apenas o show. Toda mercadoria relacionada ao Looney Tunes fazia tentar fugir o mais rápido possível.

Levei minha sobrinha para o Walmart. Tivemos que ir lá para pegar algumas compras e suprimentos para as aulas de arte dela. Quando peguei alguns lápis de cor, ouvi minha sobrinha soltar um grito, como se algo a tivesse assustado. Aconteceu que ela notou um livro de colorir com Pernalonga na frente. Ela queria sair do corredor o mais rápido possível. Cobri o livro e depois saí da loja com ela.

Não entendi o comportamento das minhas sobrinhas. Eu sei que Looney Tunes é estranho às vezes, mas eles ainda eram amigos das crianças, apesar dos episódios banidos. Eu sei que é algo que pode ser apreciado por crianças e adultos. Foi o que fez os shows serem incríveis na época, para não parecer uma pessoa dos anos 90. Eu tive que mostrar a minha sobrinha a luz. Talvez eu pudesse convencê-la a gostar do Looney Tunes novamente.

Cerca de uma hora depois, finalmente tive a coragem de perguntar sobre o programa. Minha sobrinha pediu desculpas pelo seu comportamento na loja. Apesar de assustada, ela não fez nada para justificar um pedido de desculpas, mas eu aceitei de qualquer maneira. Depois de conversar um pouco com ela, convenci-a a me contar sobre as experiências que teve com Looney Tunes.

Ela estava assistindo televisão uma noite enquanto uma de suas babás estava cozinhando.

Minha sobrinha alegou que o episódio que ela assistiu começou num parque. Petúnia é mostrado fugindo do Diabo da Tasmânia (Taz)

Depois, Frajola aparece, entrando na sala e parecendo furioso. Frajola vai até o Pernalonga e Patolino. Ele tenta conversar com Pernalonga e Patolino, mas gagueja um pouco. Incapaz de pronunciar uma frase, ele foge rapidamente.

Pernalonga tentaram se levantar e ir atrás de Frajola, mas Patolino interrompe, dizendo que não há nada com que se preocupar. Patolino acredita que não é da conta deles e Pernalonga dá de ombros.

Frajola esbarra na Melissa e foge rapidamente depois que ela tenta cumprimentá-lo. Ele é visto tentando se esconder de todos. Frajola desiste depois que ele descobriu quatro vezes e se dirige para uma árvore.

Gaguinho olha para Frajola e tentou perguntar o que estava errado. Depois da pergunta de Gaguinho, minha sobrinha me disse que o resto da cena só mostrava Frajola, que gaguejava as palavras. Demora um pouco para ele sair da gagueira e dizer sua primeira frase no episódio.

"Eu quero que aquele desgraçado vá para o Inferno..."

Pernalonga e Patolino estavam conversando. Patolino diz que ele não vê Frajola há alguns dias, o que faz com que Pernalonga se preocupe. Ele finalmente convence Patolino de que eles precisam encontrá-lo.

Os dois exploram vários lugares, até chegarem a uma árvore. Frajola é encontrado. Ele está segurando uma corda, e cheio de sangue.

Pernalonga está aterrorizado. Ele perguntou a Frajola por que ele estava ensanguentado.

Ele responde, dizendo a Pernalonga que Piu Piu é um monstro e precisava ser morto pelo bem de todos. Quando questionado, Frajola disse que estava apenas seguindo seu coração. Em seguida, ele coloca a corda no galho e se mata.

Melissa, quem viu a cena, estava incapaz de controlar suas lágrimas.


Pernalonga e Patolino são mostrados discutindo.

Pernalonga quer salvar o Frajola enquanto Patolino é paranóico e quer que ele se dane. Os dois começam a gritar um com o outro. Petúnia vê e corre para onde a discussão está ocorrendo. Ela fica horrorizada quando vê Pernalonga espancando Patolino com um taco de baseball. Ela se afasta e foge. Patolino está inconsciente.

Pernalonga tenta salvar Frajola, mas uma criatura toda preta o impede.

Pernalonga encontra Wile E. Coyote, que está devorando o corpo de Papa-Léguas. Pernalonga ignora os dois e continua sua caminhada até encontrar Petúnia sendo arrastada pelo Taz.

Marvin, o Marciano, está confuso e Frajola está morto. Ele estava tentando pegar alguma coisa, mas o que era continuava sendo um mistério.

Ao ver Frajola, minha sobrinha fechou os olhos pelo resto do episódio e chorou. Havia mais personagens apresentados depois de Frajola também. Antes do episódio terminar, havia uma fala final.

"Inútil."

Advertisement