FANDOM


Eu acordei no meio da madrugada. Eu despertei como se eu tivesse levado um choque.

Eu acordei, pois senti uma insuportável dor de cabeça, parecia que tinha um incêndio dentro da minha cabeça. Eu tentei dormir de novo, mas a dor não me deixava.

Resolvi ir pra cozinha pegar um remédio pra dor de cabeça, mas a dor era insuportável e ela me deixava cambaleando e com a visão embaçada. Depois de muito esforço para enxergar e não tropeçar, cheguei na cozinha.

Eu tomei alguns comprimidos e algumas gotas de remédio, a dor pareceu abaixar então fui pro meu quarto dormir.

Eu acordei de novo, desta vez, a dor era horrívelmente dolorosa.

Eu fui ao banheiro lavar o rosto, depois de lavar eu me olhei no espelho e me assustei com o que vi.

Meu rosto estava sangrando! Eu peguei o papel higiênico e passei no local do sangramento, mas quando removi o papel ele estava enxuto. Eu me olhei no espelho de novo e vi um enorme galo, passei a mão no galo e senti apenas a minha testa lisa.

Eu fui ao quarto do meu irmão e o acordei, perguntei pra ele se tinha alguma coisa estranha no meu rosto, ele riu e me disse que eu estava ficando doido, pois não havia nada estranho no meu rosto e voltou a dormir.

Voltei à cozinha e peguei uma bolsa de gelo e botei na região onde doía, eu voltei ao meu banheiro e olhei pro espelho e me assustei de novo.

Meu rosto estava ensanguentado, assim como o gelo e a bolsa de gelo, e para piorar, o chão estava coberto de sangue e no espelho, havia um ser negro sem olhos virado pra mim.

Eu me virei pra trás e não havia nada. Eu comecei a ficar puto, peguei a bolsa de gelo e o espelho e joguei no chão, fiquei rodeado de cacos de gelo e de vidro. Eu comecei a gritar e a chamar eu mesmo de filho da puta, eu bati minha cabeça na parede e apaguei.

Na manhã seguinte, eu acordei em uma cama de hospital. Eu pude ouvir uns médicos falando sobre um "paciente suícida" e que eu estava tentando me matar.

Eu olhei pra janela e vi o mesmo ser negro sem olhos me encarando. Ele me entregou um pedaço de papel que dizia:

SEU SANGUE É DELICIOSO...

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.