Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

Kate e idi eram namorados, estavam muito felizes juntos, planejavam casar, ter filhos.

Mas no edifício onde moravam havia um cara apaixonado pela Kate, o Tonhão. E o Tonhão foi fazer o curso preparatório pra ser policial.

O idi pensou :

_Ele é musculoso, e eu sou magricela. Ele vai atacar as gangues de traficantes, e eu tô fazendo curso profissionalizante pra ser garçom. A Kate parece que tá muito feliz comigo. Será que ela sempre vai dizer não pro Tonhão?

O idi resolveu provar que é corajoso. Ele e Kate foram pra praia, alugaram uma lancha. Tava anoitecendo e a Kate disse :

_Não vamos devolver a lancha ?

_Hoje não tem luar, Kate. A escuridão dessa noite vai ser total. Nós dois navegando no mar na completa escuridão, eu sou corajoso.

Anoiteceu. O mar tava revolto. A lancha virou. A garota quase afogou-se e desmaiou.

O idi arrastou ela até a praia, massageou o peito dela pra água que tava nos pulmões sair pela boca. E foi procurar ajuda no cais, onde havia um farol (torre iluminada que serve como orientação pros barcos).

No cais havia 4 mulheres chorando. Os maridos delas, pescadores, não haviam voltado do mar, que tava revolto. Elas sabiam que talvez eles tivessem afogado-se. E um homem disse :

_Alguém falou que hoje o meu filho ia chegar aqui, no cais Lanterna dos Afogados. Quem chega aqui é porque quer suicidar-se jogando-se do alto do cais até o mar.

O idi viu o fantasma da Kate. Ela cantou aquela música :

_"Eu tô na Lanterna dos Afogados. Eu tô te esperando. Vem, não vai demorar."

O fantasma da Kate jogou-se no mar, mergulhou. E o idi pensou a mesma coisa que todos que suicidaram-se naquele lugar pensaram : "Há um cais de porto pra quem precisa chegar."

E ele chegou pro suicídio, jogando-se do cais até o mar, na esperança de fazer companhia pra sua namorada fantasma Os moradores daquele lugar dizem que, em algumas noites, os fantasmas dos afogados aparecem e tentam convencer as pessoas que estão no cais a jogarem-se no mar pra suicidarem-se..

(Depressão é uma doença que pode ser controlada por remédios. Por pior que seja um problema, com o tempo ele poderá ser resolvido.)

Advertisement