Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement

História

Olá, me chamo Beto. Irei relatar aqui um evento bizarro que aconteceu comigo no ano de 2002. Naquela época, minha família e meus primos moravam no extremo sul do Rio de Janeiro. Quando eu tinha 11 anos, o meu pai havia comprado uma televisão pirata de tubo numa loja de usados. Ao chegar em casa, percebi que essa Televisão era de 32 polegadas. Meu pai então resolveu instalar a televisão no meu quarto, para que eu pudesse assistir qualquer coisa que me interessasse. A minha série favorita que passava na Rede Globo, era "A Grande Família", pois fez parte da minha infância e por isso eu comecei a assistir o novo episódio chamado "Noiva em Fúria". Só que aí, aconteceu algo que eu não esperava...

Tela-anti-pirataria-Rede-Globo.jpg

E uma estática violenta começou a aparecer, e em seguida, a tela ficou completamente preta. Naquele momento, eu não entendi nada, apenas achei que a TV estivesse com defeito, então tentei dar algumas pancadas nela para ver se voltaria a funcionar, mas ela continuava preta. De repente, apareceu uma tela que eu jamais havia visto antes; se tratava de uma imagem com o logotipo da emissora, mas havia manchas de sangue em todos os lugares, e tocava uma música sinistra de fundo.

Escrito sobre a logotipo da emissora havia uma frase: ''Um blackout foi encontrado... É perigoso copiar programas locais da emissora sem autorização! Por favor, consulte o estúdio da Rede Globo da sua cidade. Se você mora no Rio de Janeiro, consulte a nós no Jardim Botânico

Desligue a TV agora!''

Naquele momento, eu estava muito assustado. Após um tempo, apareceu uma imagem completamente distorcida, e um som de grito alto e agudo, e imediatamente percebi que era a imagem do personagem "Tuco", do episódio "Pai Lineu" da primeira temporada de ''A Grande Família''.

A tela ficou preta novamente, e naquele momento eu quase desmaiei, pois de repente apareceu uma tela, dizendo: "EU TE AVISEI!" que mostrava as Logotipos que eram: "A Grande Família", "Casseta e Planeta, Urgente!", "Jornal Hoje" e "RJTV", com manchas de sangue por toda parte. E uma mensagem apareceu na tela, escrito: "Pronto para o próximo programa, Beto?"

Tela-anti-pirataria-Rede-Globo (2).jpg

Foi então que eu me toquei que a Emissora sabia o meu nome. Depois disso, a televisão desligou e não ligou novamente. Tentei fazer a televisão ligar, porém eu não conseguia. Depois de várias tentativas eu finalmente consegui ligar novamente a TV, mas quando eu vi aquela imagem, onde estava a logotipo da Rede Globo, só que mais clara, com palavras vermelhas escritas em japonês, eu não consegui entender. Eu estava muito desesperado. Eu deveria ter falado com o meu pai para trocar essa Televisão Pirata por uma Televisão Original, porque apareceu algumas coisas bizarras. Quando de repente, aconteceu algo que fez meu sangue gelar. Ouvi uma voz aterrorizante dizendo: "Atenção emissoras da Rede Globo, para o toque de 5 segundos!" Imediatamente eu olhei para trás, para saber que voz era essa. A única coisa que fiz foi gritar, pois na sala de estar da minha casa, havia um logotipo da Rede Globo, gigante com uma bola com dentes de tubarão e uma língua de serpente!

Tela-anti-pirataria-Rede-Globo (3).jpg

Eu nunca vou esquecer aquele dia...


Essa é uma história criada por Renato Gardner, que se trata da bizarra tela Anti-Pirataria da Rede Globo.

Curiosidades

  • Essa história surgiu como uma versão baseada em telas de Anti-Pirataria em jogos de videogame em alternativa, são telas de Anti-Pirataria em TV Aberta. 
  • Aquilo estaria olhando diretamente para os olhos de Beto, e não era uma logotipo desenhada ali na TV, parecia ser algo realista, como a logotipo da emissora fosse real, e estivesse ganhando vida e estava atrás de Beto.
    • Beto é um garoto que nasceu em 1991, e morava em Niterói, no estado do Rio de Janeiro, e que morava com seus pais, seus avós, seus tios e seus primos.
    • A história teve uma sequência, que sobre a história de Leonardo, e a tenebrosa Tela de Anti-Pirataria do SBT. Feita pelo mesmo criador, Renato Gardner.
Advertisement