Wiki Creepypasta Brasil
Advertisement
Mr-Bear-1999

A creepypasta original e traduzida pertence ao link: https://caledon-local-21.fandom.com/wiki/1999:_Creepypasta_(Portuguese)

1999. Eu era apenas um menino de 5 anos de idade. 1999 é um ano que existe como um chiclete jogado no chão em minha mente e, por mais que eu tente esquecer, suas memórias jamais desaparecem.

Tudo começou com aquela velha TV. Pokémon era a última moda na escola: cartas, jogos, figurinhas, e o mais popular, os programas da TV. É claro que toda vez que eu chegava da escola, minha vontade era de ficar grudado à tela da televisão até Pokémon começar. O problema era que o noticiário que meu pai assistia começava na mesma hora que os episódios de Pokémon, o que significava que eu perderia um episódio por dia, algo que me deixava completamente desapontado porque queria falar sobre eles na escola com meus amigos. Meu pai cansou-se de me ouvir reclamar sobre isso todos os dias e resolveu comprar outra televisão.

Meu pai colocou a tv que tinha comprado no meu quarto, mas infelizmente era uma daquelas bem antigas. Só tinha 20 canais e não incluía o canal em que passava Pokémon. Mas eu não me importava, pois estava emocionado porque tinha minha própria tv no quarto. Depois de navegar pelos canais disponíveis, cheguei à conclusão de que apenas o canal 2 valia a pena, então assisti isso por um tempo.

Um dia descobri um programa novo chamado Caledon Local 21, no mês de Abril.

Os programas que eu vi neste canal pareciam mal feitos e eu nunca entendia o que estava acontecendo na maior parte do tempo. No entanto, eu cresci. E toda vez que eu lembrava daqueles programas, os achava ainda mais sem sentido e confusos e me perguntava: "Que diabos eu estava assistindo?"

O que segue abaixo é uma lista de programas e episódios que me lembro de ter visto no Caledon 21. Me assusta a riqueza de detalhes em minha memória, mas acho que coisas como esta marcam sua mente. Havia apenas 3 programas no canal.

O Porão do Sr. Urso, episódio 12: O programa mostrava um cara vestindo uma fantasia de urso que recebia um novo visitante em seu porão todos os dias (eram sempre crianças). Era filmado com uma câmera de vídeo com uma qualidade ruim. A polícia me fez inúmeras perguntas sobre este programa. O episódio começava com o Sr. Urso sentado em uma mesa jogando damas sozinho. Ele ficou lá sentado por um tempo até ouvir uma batida na porta. A câmera foi então mostrando os degraus até a porta, onde ouve se a batida de novo.

O Sr. Urso subiu as escadas e abriu a porta, lá estavam duas crianças. Um era menino e aparentava ter 5 anos, e a outra era uma menina que parecia ter 8 anos. O Sr. Urso dançou com a chegada das crianças e em seguida começou a conversar com eles. Pelo que me lembro, não era possível escutar nada do que eles diziam. O Sr. Urso então levou as crianças para o porão, que era bastante escuro e iluminado apenas por um pequeno abajur. Eu realmente não me lembro de muita coisa, a não ser ele cantando uma música que eu nem conseguia ouvir muito bem, por causa da máscara de urso. O episódio terminava com eles brincando de esconde-esconde, com as crianças escondidas no armário e o Sr. Urso contando.

Maio/1999[]

Sopa e Colher: Eu não acho que isso tenha sido realmente um programa, acredito que tenha sido mais algo como um filme de curta-metragem. Eu tinha parado de assistir o canal Caledon Local 21 por uns tempos, um pouco porque os programas eram meio estúpidos, além disso, Pokémon havia mudado de horário. Eu não me lembro de muito, mas o programa foi filmado em um porão semelhante ao que foi usado pelo Sr. Urso. A coisa toda durou cerca de meia hora, e achei estúpidas algumas cenas como uma em que a colher persegue a lata de sopa, tentando comê-la. No final mostra uma mesa com 7 crianças sentadas, cada uma com seus pratos. Elas olhavam para a câmera, mas confusos e com uma expressão de medo em seus rostos. O homem da câmera, em seguida, segura uma lata de sopa na frente das crianças e diz: "Prontas?" E então acaba.

Julho/1999[]

Era verão e não assistia ao canal 21 há um bom tempo. Até que um dia, fui dormir na casa de um amigo e decidi verificá-la novamente. Meu amigo tinha ganhado uma tv de aniversário, por isso ficamos acordados até muito tarde (21:30h para nós, na época, era muito tarde, rs) e assistimos à televisão. Foi quando me lembrei do Canal 21 e mostrei para o meu amigo. Decidimos ver se ainda estava transmitindo, e para nossa surpresa, estava (eles devem ter mudado o horário da programação).

O Porão do Sr. Urso, episódio 23: Este episódio foi divertido para o meu amigo e eu, principalmente porque tinha palavrões. No entanto, quando eu penso, hoje, neste episódio, eu percebo que algo muito errado devia estar acontecendo quando ele foi filmado. Começa com a imagem da câmera deitada, de lado, enquanto gravava o Sr. Urso subindo as escadas para a porta do porão. A câmera apaga por cerca de 1 segundo e volta. Havia um garoto falando com o Sr. Urso, esse garoto parecia ter 11 ou 12 anos. Ele ficou conversando com Sr. Urso por um tempo, mas eu não conseguia ouvir bem até que o menino começou a levantar a voz.

O garoto estava dizendo que já era tarde e sua irmã deveria ir para casa. (dava para ouvir vozes no fundo), O Sr. Urso dizia: "Sai daqui, porra! Vai embora!), com uma voz grossa abafada pela máscara de urso. Lembro-me de meu amigo e eu olhando um para o outro e rindo. Nossos pais nos davam uma bronca sempre que começavamos à xingar. Mas o episódio ficou ainda mais estranho. O garoto subiu as escadas antes de se virar e dizer que chamaria a polícia. Neste momento, o Sr. Urso começou a correr em direção a ele, que corria e gritava também. A câmera, então, corta a imagem e este foi o final do episódio. O canal entrou em estática pouco depois.

Agosto/1999[]

Em agosto, eu fiquei curioso para ver O Porão do Sr. Urso. O último episódio que vi do Sr. Urso era muito estranho, e tinha palavrões, o que também me fez pensar que o programa era feito para adolescentes. No entanto eu coloquei no canal para assistir enquanto meu pai estava ocupado.

O Porão do Sr. Urso, episódio 28: Aparentemente este episódio foi passado na tv durante todo o mês de agosto. Foi muito estudado pela polícia. O episódio inteiro foi o Sr. Urso sentado em uma cadeira falando para a plateia: "Olá, crianças! Vocês querem visitar o meu porão? Se vocês quiserem, por favor me escrevam uma carta neste endereço!". A tela, em seguida, foi mudada por uma tela toda branca com letras coloridas contendo o endereço e assim permaneceu todo o resto do episódio. E adivinha o que eu fiz? Enviei uma carta ao "Sr. Urso", ou aquele doente que o representava pedindo as cartas. Eu fiz isso principalmente por curiosidade. Meu pai ficou de boa quanto a isso, pois ele pensava que era um programa legítimo para crianças, já que nunca havia visto nada do que realmente passava no Canal 21. Então eu escrevi uma carta com minha melhor letra e acho que acabei dizendo que queria muito conhecer o Sr. Urso. Meu pai enviou a carta para o endereço que o Sr. Urso passou durante o programa (que ficou passando durante o dia todo de qualquer maneira, por alguma razão). Demorou cerca de uma semana para eu receber uma resposta. Tenho até hoje a carta que recebi em 15 de agosto de 1999. A carta dizia:

"Querido Eliot, muito obrigado pela carta. Eu adoraria te ver aqui na minha casa! Nós iríamos brincar, ver filmes e fazer uma fogueira durante um acampamento na floresta. Venha a minha casa em (... a polícia cortou este endereço...), Caledon, Ontário, Canadá. Espero muito poder me divertir com você! Com amor, Sr. Urso."

Eu não posso acreditar que meu pai nunca soube quem era esse cara, já que ele me levou até a casa. E, em seguida, é quando a polícia se envolveu, com perguntas intermináveis, fotos de crianças aterrorizadas, florestas, etc.

Isso me leva à razão pela qual estou escrevendo este texto, aquele psicopata e seus amigos ferraram a vida de algumas pessoas naquela época com aquela merda toda, e parece que agora ele está tentando entrar em contato comigo novamente, e a coisa toda da polícia está voltando a minha mente.

14 de novembro de 2009[]

As pessoas têm me perguntado o que exatamente me aconteceu em 1999: eu vou contar. Estes programas de tv estranhos que eu estava assistindo aparentemente foram feitos para atrair crianças para a casa do Sr. Urso, o que depois, chocou a cidade inteira.

Meu pai realmente me levou até Caledon seguindo o endereço do Sr. Urso deixado na carta. A casa ficava fora da cidade, em campo aberto, terras agrícolas. Ainda me lembro daquela casa. Parecia uma casa vitoriana. As janelas estavam todas fechadas com tábuas. Como nós caminhamos até a casa, lembro que meu pai checou o endereço várias vezes, olhando para a casa com descrença. Então a porta se abriu.

Eu esperava que o Sr. Urso estivesse na porta, mas fiquei surpreso ao ver um policial sair da porta. O policial começou a falar com meu pai, enquanto eu perguntei se era a casa do Sr. Urso. O policial ficou assustado e murmurou: "Oh meu Deus..." ou algo parecido. Ele começou a falar em voz baixa com meu pai, e eu não conseguia ouvir, mesmo assim, meu pai me disse para entrar no carro. Então, nós simplesmente fomos para casa. Meu pai estava calado durante todo o percurso para casa. Eu senti que algo estranho tinha acontecido.

Meu pai não me contou o que aconteceu. A lembrança do Canal 21 não veio por um longo tempo, e quando eu perguntei sobre isso ao meu pai, ele falou que não existia. Acho que foi quando eu tinha 13 anos que eu soube a verdade. Lembrei-me do Canal 21 um dia, e perguntei ao meu pai de novo e ele finalmente decidiu que eu deveria ouvir a verdade.

Caledon Local 21 foi um canal de Tv local que transmitiu programas entre outubro de 1997 e agosto de 1999, em Ontario, Canadá. O canal inteiro foi feito a partir de uma casa em Caledon e executado por um homem.

[Atualização] - 02 de dezembro de 2009[]

Desculpe por demorar a responder perguntas. Em outubro passado, visitei a casa anteriormente propriedade do homem que dirigia o Caledon 21. Duas mulheres viveram lá, operando uma escola. Agora responderei as questões que vocês mandaram para mim:

Pergunta: Quem mais assistiu o Caledon Local 21?
Resposta: Eu sei que outras pessoas assistiram com certeza, incluindo aquelas que faleceram na casa. Depois de algumas pesquisas no Google, eu encontrei algumas pessoas nos fóruns que discutiam programas do Caledon Local 21. Eles falavam sobre os programas infantis que eu assisti, mas também de outros dois programas que eu nunca havia assistido. Um usuário chamado "iamreallife" parecia conhecer todos os episódios dos programas transmitidos no Canal 21. Aqui estão os dois que eu nunca tinha ouvido falar:
O Anjo Caído e Vida. "iamreallife" descreveu-o como um show bastante chato sobre um cara divagando na frente da câmera sobre como devemos agradar a Satanás, antes que seja tarde demais.
Pinte com a Alma. "iamreallife" e outro usuário chamado "sigy92" estavam discutindo sobre este programa. Eles descreveram como sendo parecido com "Bruxa de Blair", que consistia em o cinegrafista vagar em torno de uma floresta durante a noite, sem fazer nada particularmente interessante. Eu vou procura a conversa de novo para postar o link.
Pergunta: Onde está o Sr. Urso ou o cara que vestia a fantasia?
Resposta: Se eu soubesse, já teria dito. Eu não tenho nenhuma ideia de onde este cara está, se está vivo ou morto (espero que morto). Quando eu me encontrar com o amigo do meu pai de novo, perguntarei a ele sobre isso, talvez eu possa obter uma resposta mais definitiva.
Pergunta: O que o Sr. Urso fazia com as crianças?
Resposta: Esta é a pergunta mais frequente que eu recebi. Descobri isto em outubro através de um amigo do meu pai, que é um policial aposentado em Caledon. Aparentemente, o homem que fazia o papel do Sr. Urso levava as crianças para fora da casa e para a floresta nas proximidades. O que ele fazia lá, a polícia não sabe exatamente ao certo o que aconteceu, mas 16 corpos carbonizados de crianças amarradas e amordaçadas foram encontrados em um buraco enorme dentro da floresta. O amigo do meu pai não quis entrar em detalhes exatos, mas eu o encontrarei na próxima quinta-feira, então talvez possa adquirir mais informações dele.

Isso é tudo o que eu tenho por agora. Obrigado por manterem o interesse no meu blog, eu vou tentar reunir o máximo de informações que puder para a próxima postagem. Eu estou realmente muito interessado nessa minha história do passado. Deve ser o meu direito de finalmente saber o que diabos aconteceu.

[Atualização] - 14 de janeiro de 2010[]

Me desculpem, não tenho postado nada por um tempo, e meio que perdi o interesse por este blog desde que eu percebi que o foco se tornou procurar mais informações sobre o proprietário do Caledon Local 21. Encontrei algumas respostas através do pai de uma criança que eu costumava tomar conta. Ele mora do outro lado da minha rua e eu costumava cuidar dos filhos dele quando eles eram menores, e ele atualmente está com 75 anos. Ele morava perto da mata naquela época, fora da cidade de Caledon e testemunhou atividades do proprietário do Canal 21 na floresta. Seu nome é Anthony Pollo.

Quando Pollo vivia num pequeno bangalô fora do bosque, costumava fumar cigarros antes de retornar ao seu trabalho. Pollo descreveu que às vezes ouvia vozes de crianças provenientes das profundezas da floresta, bem como enxergava luzes brilhando na floresta. Pollo me contou que esses eventos começaram em setembro de 1997 (Nota: este é o período em que o Caledon Local 21 começou a ser exibido). Ele acabou se irritando com os barulhos, ou talvez tenha ficado intrigado com essas ocorrências e resolveu investigar.

Pollo descreveu como a cena toda parecia quando ele chegou lá. Havia um grupo de crianças com idades entre 5 e 12 anos, reunidos em torno de uma grande fogueira em chamas. Com eles havia um único adulto, um homem. Pollo conversou com o homem e perguntou o que ele estava fazendo na floresta com as crianças. O homem disse que estavam em um acampamento e que eles o faziam com frequência. Pollo simplesmente deixou por isso mesmo e pediu que fossem um pouco mais silenciosos. Pollo, em seguida fez uma pausa antes de me dizer que eles nunca respeitaram seu pedido de moderação, pelo contrário, por vezes, ele ouvia as crianças cantando alto em uma língua desconhecida. Ele não se incomodou em ir conversar com o homem de novo, já que o homem estava de mudança, de qualquer maneira.

Eu disse a Pollo que aquele homem era provavelmente o proprietário do Caledon Local 21, mas ele duvidou, porque soube por vários outros moradores da região que ele estava se mudando para Pickering.

Aqui está o que eu sei agora: - O homem levava as crianças para a floresta para acampar. - A fogueira que Pollo descreveu pode ter sido feita no local onde o buraco com os corpos das crianças foi encontrada. - As crianças que Pollo viu aquele dia eram provavelmente as que foram encontradas mortas. - O homem mudou-se para Pickering. Vou discutir isso com o amigo do meu pai e ver se isso corresponde a qualquer coisa que a polícia saiba sobre o caso. Também quero ver se ele tem qualquer outro conhecimento sobre o que foi exibido no Canal 21.

[Atualização] - 10 de fevereiro de 2010[]

Eu falei com o amigo do meu pai e ele revelou um monte de informações para mim. Primeiro perguntei se a polícia tinha qualquer informação sobre o homem que dirigia o Caledon Local 21, e ele respondeu que eles somente tiveram as mesmas informações por anos e nunca encontraram um suspeito. No entanto, a polícia regional de Peel tem algumas fitas de vídeo encontradas na casa onde Caledon Local 21 foi transmitido, e ele me levou para que pudesse assistir algumas. Eu acho que eu não disse muito sobre ele ainda, mas o nome do amigo do meu pai é Mitchell Wilson, um cara muito legal. Ele meu deu 3 fitas das 5 que tinha, mas se recusou a me dar o resto quando perguntei pra ele se eu poderia levar as outras.

O Porão do Sr. Urso, episódio 25. Quando o administrador da polícia trouxe esta fita, eu realmente soltei um "Oh, merda..." e ri um pouco alto. Claro que ganhei olhares assustados dos oficiais da equipe, mas Wilson explicou a eles a minha experiência com o Sr. Urso e sobre eu ainda possuir a carta que ele me enviou. Como nos episódios anteriores, este incluía um cara vestindo um traje, uma fantasia de urso. O capítulo começa com Sr. Urso andando até a mesa com uma toalha vermelha e uma garrafa de suco de laranja em suas mãos. Na mesa havia 16 copos pequenos de bebidas, e uma pequena garrafa que continha um líquido desconhecido. O Sr. Urso derramou uma quantidade igual de suco de laranja em cada copo antes de abrir a garrafa menor e depositar uma gota do líquido misterioso neles. Em seguida o urso sai da visão da câmera, havia sons de falas no fundo, e logo, o Sr Urso volta para trás da câmera. Seguindo-o estavam 16 crianças, alguns aparentavam cerca de 4 anos, muito pequenas, enquanto outros aparentavam serem pré-adolescentes. À medida que as crianças entravam em cena, o administrador comentou que este é o único episódio que mostra todas as 16 vítimas. As crianças pareciam todas bastante contentes, exceto uma que tinha hematomas visíveis no rosto, e ao contrário das outras crianças, ele tinha uma expressão de medo. Este garoto aparentava ter 11 ou 12 anos, o que levou-me a reconhecê-lo. Ele era o garoto que tinha perguntado sobre sua irmã e que, posteriormente, teve um destino desconhecido no episódio 23. Quando contei isso ao policial, ele confirmou que era sim o mesmo garoto, e que ele também foi destaque no episódio 24 (um capítulo que foi ao ar somente uma vez, em julho de 1999, às 3:00h da tarde, e que a polícia ainda não tinha encontrado a fita). O Sr. Urso então começou a cantar uma música sobre frutas cítricas e os benefícios da vitamina C (eu mal podia entender a letra por causa da máscara de urso). As crianças todas beberam seu suco (exceto o menino do episódio 23, que bebeu a força por causa do Sr. Urso cochichar algo em seu ouvido), e terminou. Depois de ver as 3 fitas de posse da delegacia da estação de Davis, fiquei satisfeito, mas temporariamente. Eu ainda quero saber a história completa, a polícia continua me dando sempre a mesma porcaria sobre o criador de Caledon Local 21 ser um pedófilo fetichista, bem como um praticante de estudos ocultistas. Vou terminar hoje por aqui. Espero poder voltar a este blog o mais rápido possível.

[Atualização] - 08 de maio de 2010[]

Em 17 de abril eu finalmente consegui minha habilitação de motorista. Eu, claro, tirei vantagem disto e dirigi para Caledon para um pequeno "passeio de domingo". Não tenho atualizado este blog há algum tempo, e percebi que poderia muito bem visitar a casa onde o Canal da minha infância foi localizado. A casa parecia diferente do que quando eu a vi pela última vez em outubro. O lugar foi abandonado. No entanto, tinha uma placa de "Vende-se".

O que aconteceu com as crianças enquanto elas estavam vivendo naquela casa? Eu caminhei até as escadas da porta da frente e olhei pela janela. Dentro da casa eu podia ver um corredor quase vazio com algumas caixas no fundo.

No final do corredor à direita havia uma porta aberta, presumivelmente, que dava para a cozinha. À esquerda havia duas portas, ambas aparentemente levavam até quartos através das janelas de fora. Eu me perguntava onde era a entrada do porão que foi localizado e se tinha sido selado. Eu andava ao redor da casa e encontrei a minha resposta. Duas portas foram fechadas com cadeado, e com certeza levava ao porão. Não querendo ficar por ali (você não pode imaginar o que estava acontecendo em minha mente naquele momento) eu parti. Atrás da casa, o campo vazio continuava até que chegar a uma densa floresta que se alinhavam no horizonte. Eu me perguntei se era a floresta onde os corpos das crianças foram encontrados. Eu comecei a andar pelo campo atrás da casa para a floresta. A floresta era calma, dava para ouvir os sons de um pica-pau picando uma árvore. Eu cautelosamente fiz o meu caminho mais a fundo no bosque, sem me preocupar com o fato de que eu não tinha ideia de onde eu estava indo. Eu não sei como explicar isso, mas parecia que havia algo que eu tinha que encontrar. Eu vim para uma parte mais fina da floresta e havia algumas pequenas casas ao longe. A casa de Pollo passou pela minha cabeça e me perguntei se uma dessas casas havia pertencido a ele. Me aproximei de uma pequena clareira na qual eu podia ver cadeiras reunidas em uma espécie de semicírculo.

"Ei! Cai fora daqui!" Essas palavras quase me causaram um ataque cardíaco. Virei-me para a minha esquerda e vi duas pessoas vestidas com roupas escuras correndo em direção a mim. Meu pensamento inicial foi de correr, no entanto como eles chegaram mais perto, vi que eram realmente apenas meninos pré-adolescentes, possivelmente 13 ou 14, talvez até 12.

"Nós dissemos cai fora daqui.", disse o garoto loiro que vestia uma camisa roxa, obviamente intimidado. Eu mantive minha posição e dei de ombros. O garoto de cabelo preto usava uma camisa de um rockeiro tirou um canivete e apontou-o em minha direção. "Você não pode fazer isso. Se fizer, chamarei a polícia." Eu disse sério (tentando parecer o mais durão quanto possível). Peguei meu celular.

O menino guardou o canivete. "Olha cara, nós não gostamos de pessoas aqui, assim você pode simplesmente ir embora daqui?". Eu não tinha nada para fazer na floresta de qualquer maneira, então eu soltei um "Tudo bem." simplesmente e me virei para ir embora. Mas percebi que tinha uma grande oportunidade. "Algum de vocês já ouviu falar de um cara que matou um monte de crianças nesta floresta tipo... uns 13 anos atrás?", eu perguntei às crianças. Os dois se entreolharam em confusão, mas o da camisa de rockeiro respondeu "Sim ... Todo mundo sabe sobre esse cara", ele disse para mim. "Ele se suicidou... o amigo do meu irmão mais velho disse que ele morreu em 1999, se enforcando."

"Você não é daqui, é? Por que você veio até aqui?" Eu disse aos dois garotos sobre a minha experiência com o homem e Caledon 21.

[Atualização] - 07 de outubro de 2010[]

Nossa, quase 5 meses desde que eu fiz a última atualização. Eu suponho que todos praticamente acharam que eu estava morto, certo? Felizmente eu não estou. Mas sério, eu realmente tenho estado muito ocupado nos últimos meses, e um blog sobre algo que poderia ter me matado quando criança está um pouco abaixo na minha lista de prioridades atual. Agora estou morando Waterloo, Ontario. Em 10 de setembro, recebi um e-mail que dizia: "Caro Elliot, Meu querido, querido menino,

Tenho muitas saudades de você. Oh, como você cresceu! Seus belos olhos continuam os mesmos, lindos e castanhos. Naquele dia, você veio me visitar e eu me senti tão feliz que eu queria sair e colher morangos. Meu amigo me disse que você me procurou! Ah, sim, ele me disse que você procurou!

Agora em breve, você não vai ser mais solitário! Eu sinto muito por não poder ter dito "Olá" quando você veio me visitar, não uma vez, 2 vezes! Não há perigo, em breve você vai finalmente poder brincar com as outras crianças. Vou tentar deixar o meu porão ainda mais aconchegante do que antes!!!

Sr. urso"

Pode ser que este email é falso.

[Atualização] - 07 de novembro de 2010[]

Desde o meu último post, muita coisa aconteceu. Vamos recapitular onde eu estou agora com relação a todo o incidente do Sr. Urso. O email não me mandou mais nada depois que mandei várias respostas pra ele.

não está mais em uso, eu tentei responder ao e-mail, mas não obtive resposta. Tentei de novo em março, ainda sem resposta. Eu me mudei para Ottawa (Capital do Canadá) por causa da universidade, então eu não tenho ido para Caledon ou para casa na região de Peel por um tempo. Eu tinha minhas razões para me mudar como você poderia imaginar o porquê. Eu tive que fazer uma nova conta de e-mail porque as pessoas continuam me enviando brincadeiras fingindo ser o Sr. Urso. Muito obrigado, caras (só que não!).

Por que eu me arrisquei a voltar para este blog? Mitchell Wilson (lembram do amigo ex-policial do meu pai?) me telefonou em 23 de Outubro para falar sobre uma fita que foi encontrado em uma biblioteca pública.

[Atualização] - 21 de janeiro de 2011[]

Na quarta-feira, 1 de Janeiro, eu liguei para Mitchell Wilson e perguntei se teria um tempo para que eu passasse por lá para ver as fitas. As coisas estavam bastante lentas na estação por causa de uma tempestade de neve, mas ele disse que eu poderia ir para lá a qualquer momento naquele dia. As fitas estavam em um lugar não muito longe. Então eu enfrentei as estradas e os terríveis motoristas de Brampton e fiz meu caminho para a delegacia regional de Peel localizado no centro da cidade de Bramalea. Eu encontrei Wilson na frente da escrivaninha onde, então, levou-me até o segundo andar a um pequeno escritório. Ele instruiu-me a sentar em um banco e esperar enquanto ele corria e pegava as fitas. Antes de deixar o escritório, ele se virou para mim e disse "Eu sei que você está curioso, mas ... você tem certeza que quer ver isto?" Claro que sim, ou pelo menos pensava que sim. Além disso o amigo de Wilson tinha feito muito para me fazer chegar lá e eu não queria perder a oportunidade. Esta estação em particular teve 2 fitas na mão. Eu só tinha permissão para assistir a um deles, no entanto, porque a segunda fita aparentemente estava muito danificada para ser girada em um videocassete.

O Porão do Sr. Urso, episódio 30: O Sr. Urso nunca deixa de me perturbar, especialmente depois do que quase aconteceu quando eu era mais jovem. Este episódio ocorreu fora em uma floresta no crepúsculo, tornando-o um pouco difícil de ver especialmente considerando a qualidade do filme (marca registrada por qualquer coisa de Caledon Local 21). O episódio começou com a câmera focada nas mãos do Sr. Urso apontando-a para si mesmo.

Aquela máscara de urso... parecia mais sinistra nas sombras das árvores. A voz abafada inconfundível falou; "Olá, crianças! Hoje eu farei uma coisa maravilhosa para os meus amigos, vou levá-los a uma terra distante, onde eles vão ser felizes!". O Sr. Urso virou a câmera ao redor para mostrar um trator com um atrelado, mas o que mais foi estranho eram as vozes abafadas. "Esta aqui é a primeira carga, mas outras estarão a caminho em breve!" O Sr. Urso se virou e apontou a câmera para um buraco enorme no chão.

O resto do episódio consistiu em o Sr. Urso pegar cada criança e deixá-la cair no buraco. Perguntei a Wilson se elas já estavam mortas e ele sacudiu a cabeça e respondeu: "Ainda não". Logo todas as crianças estavam no buraco, alguns estavam em posições incômodas devido a ter sido atiradas, mas algumas delas permaneceram inconscientes ou quietas. "A vitamina C certamente irá ajudar estas crianças na grande jornada que os espera!", disse o Sr. Urso movendo a câmera para várias garrafas de gasolina ao lado de um arbusto. A câmera deu zoom nas garrafas enquanto o Sr. Urso cantarolava antes do episódio terminar.

Wilson revelou-me que algumas crianças foram encontradas vivas com queimaduras e foram levadas de volta para seus pais, que levaram elas ao hospital. O Sr. Urso usou várias caixas de fósforos para incendiar as crianças. Um buraco cheio de crianças queimadas... quem diabos faria isso? Esse sentimento de pavor me encontrou, mais uma vez, quando eu percebi que eu poderia ter sido uma daquelas crianças.crianças.

[Atualização] - Data desconhecida[]

Era uma vez...

Um rapaz chamado Elliot

Elliot era um menino que adorava brincar como uma criança normal.

Um dia, ele assistiu a um programa de televisão sobre um urso e seus amigos

As crianças adoraram a ajudar uns aos outros como boas crianças fariam, mas eles também adoravam o urso

O urso amava as crianças uma vez que as crianças eram tão boas em ajudá-lo e ao anjo caído

As crianças e o urso queriam brincar para sempre

Mas o anjo caído precisava de ainda mais ajuda, por isso as crianças tiveram que fazer o sacrifício final

Porque é isso que os amigos fazem, Elliot

Eles ajudam uns aos outros

Ajude-nos, Elliot, fique com a gente, Elliot

Eu quero você, Elliot, ele quer você, Elliot

Volte para o meu porão

Peço por favor com um bolo de confeiteiro e uma cereja no topo!

- Sr. Urso

[Atualização] - 05 de abril de 2011[]

Desculpem me, algum idiota que não tinha nada melhor pra fazer, tinha hackeado minha conta e publicou esse poema estúpido aqui. Depois de algumas semanas de silêncio, eu decidi pedir a Mitchell Wilson se eu poderia ver o que havia na fita que ele não queria me mostrar. Ele ficou relutante, mas me convidou para ir a sua casa em uma tarde de segunda-feira. Depois de ter visto um filme de Jogos Mortais, eu tinha certeza de que seria capaz de ver a fita.

O Porão do Sr. Urso, episódio 31: O episódio começou numa floresta, como nos episódios anteriores. Demorei para perceber isso porque era noite, as árvores e as folhas pareciam formas dançantes em torno na escuridão. Um fraco brilho de luz estava presente no lado direito da tela. Não houve qualquer áudio aparente, parecia ser uma noite de ventania e, mesmo assim, as árvores não faziam qualquer barulho. Lentamente, a câmera começou a deslocar para o brilho, revelando fumaça subindo de um buraco com a ponta das chamas saindo da parte superior deste buraco. Wilson fez uma pausa neste ponto; "Você tem certeza que quer ver isso?" ele me perguntou. Eu insisti que sim.

O vídeo continua, o cinegrafista move-se em direção ao buraco, mostrando um buraco pegando fogo. Este foi o buraco que eu tinha visto no episódio anterior. Só que desta vez estava cheio de formas. Eu podia ver formas dentro dele. Eu sabia o que eram. Eu gostaria de poder esquecer o que vi, mas você não pode esquecer uma cena como esta. Este não era um filme de terror, essa era a realidade. Os seres humanos sendo mortos de maneira horrível. O vídeo de repente cortar para a câmera posicionada agora mais longe do buraco. O fogo tinha acabado, no entanto, ainda havia fumaça. A câmera cai no chão e ouve se passos de alguém aproximando lentamente.

A cena mostra roupa do Sr. urso no chão. A roupa foi colocada em forma de uma cruz. O episódio terminou com a imagem de uma corda de forca.

Eu fiquei sem palavras, foi como um sonho. Você pode encontrar um monte de coisas terríveis na internet, mas eu nunca tinha visto nada assim. Wilson perguntou se eu estava ok e eu respondi com um trêmulo "sim". Assegurei-lhe de que eu estava bem e que o vídeo deu-me algum fechamento ao longo de todo o incidente. Ele não parecia muito confiante em mim, mas ele deixou por isso mesmo. Ele estava certo, porém, eu tive pesadelos durante semanas. Eu desisti, eu não me importava mais com a coisa toda. Um homem doente queimando crianças vivas, atraindo-os com o canal de TV para crianças falso. Eu poderia ter sido uma de suas vítimas, mas eu ainda estou aqui. Acho que eu deveria ser grato, mas eu me sinto culpado. Eu ainda estou aqui apenas por pura sorte?

Meu blog foi inundado com comentários, algumas pessoas pediam mais detalhes, outras perguntaram se eu podia enviar as fitas, e ainda outras mais me enviaram e-mails afirmando ser o Sr. Urso. Em primeiro lugar, nem mesmo eu, envolvido no casa, posso obter as fitas pois elas são: A)Provas da polícia e B) Eu não sei como rodar VHS no computador. Agora, para pessoas que fingem ser o Sr. Urso: Vão caçar uma louça para lavar. Eu mesmo vi um Caledon Local 21 falso no YouTube, que é bonito, mas ainda não é real. A pessoa apagou o vídeo horas depois. Ainda mais irritante é o fato de que alguém hackeou minha conta só para colocar algum poema sobre mim neste blog. Eu vou deixá-lo aí mesmo.

Eu estou bem sobre o episódio 31 agora, mas as imagens do que eu vi ficarão comigo por um tempo. Vou entrar em contato com Mitchell Wilson novamente e espero conseguir assistir as outras fitas. Vou tentar manter vocês atualizados.

  • Muthead
  • Futhead
  • Sobre
  • uso
  • privacidade

COMUNIDADESuporte[]

Advertisement